segunda-feira, 11 de abril de 2011

O humor sob ângulos absurdamente retos...



“Um papel em branco”, “Separação de dois esposos” e “Mateus e Mateusa”. São três histórias de base do melodrama "Relações Enquadradas", sob a direção de Claudio Lira.
Três ângulos?
Não. Não sei se foi meu eu lírico pregando peça, mas juro que enxerguei outro ângulo que rege a peça do começo ao fim: o caráter popular baseado no humor ácido. Esse caráter tem a finalidade de unir a peça ao público- e como une! A sensação é de que quanto mais a cena for sarcástica, de deboche, brega mesmo, mais provoca o afloramento das expressões- risos, censuras, identificações com alguns personagens...
Confesso que gosto de tudo que é surreal, o reflexo do outro lado do espelho da razão... E isso é bem perceptível nas situações criadas pelo tal do Qorpo Santo- digo isso porque não conhecia este dramaturgo que, com a legitimidade do direito à expressão, é um louco genial, ou seria gignere-all??
Na verdade, é tudo uma loucura sufocante e gostosa a que o grupo Matraca se propõe a encenar. É puro deleite ver sua sintonia . Com a grande trilha sonora que faz relembrar sucessos como o daquele cantor que ainda gosta de receber recados na calcinha- superei-me, hein?- e mais com uma surpresinha ma-ra-vi-lho-sa em sua edição. Sensacional! Fora tantos outros detalhes que não seria interessante pra quem vai assistir saber de antemão.
No final, tudo o que imaginamos é real. Fiquei com o pensamento de que Qorpo Santo enquadra certo por ângulos tortos todas as relações...
É, assim como o quadrado tem 4 ângulos perfeitamente retos, o humor, por vezes, pode ser tido sob olhares absurdamente retos. E como são perfeitas as curvas do absurdo... É o jogo.
Vamos jogar?
.

Relações Enquadradas-

Livre adaptação de textos de Qorpo Santo

Elenco: Ariele Mendes, Catarina Rossiter, Geraldo Dias, Ju Torres, Mário Rodrigues, Maurício Azevedo, Ubiratan Cavalcante, Viviane Braga.

Direção, direção de arte e programação visual: Claudio Lira

Direção Musical: Diogo Felipe

Coreografias e Preparação Corporal: Sandra Rino

Iluminação: Agrinez Melo e Naná Sodré – O Poste: soluções luminosas

Preparação Vocal: Flávia Layme

Confecção de cenário, figurino e adereços: Manuel Carlos de Araújo

Direção de Produção: Ana Júlia da Silva

Realização: Grupo de teatro Matraca e SESC Piedade

Local: Tatro Marco Camarotti, Sesc Santo Amaro

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) - Classificação etária: 14 anos